sábado, março 22, 2008

saudades




As coisas vulgares que há na vida
Não deixam
saudades
Só as lembranças que doem
Ou fazem sorrir

Há gente que fica na história
da história da gente
e outras de quem nem o nome
lembramos ouvir



Mariza - Chuva

1 comentário:

pingo de mel disse...

...e eis que ela bate no vidro trazendo a saudade...
amo esta musica